Fronteira Oeste- O Pântano

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Fronteira Oeste- O Pântano

Mensagem por Moros em Seg Set 15, 2014 11:58 am




Fronteira Oeste: O Pântano




O que não te mata te deixa mais forte.



Noite 1

Essa é a primeira noite em que o sistema de Vigilância se iniciou no Acampamento Meio-Sangue. Um semideus foi escolhido aleatoriamente entre os registros para manterem a paz noturna, já que a barreira não era confiável e as incursões inimigas eram cada vez maiores. Junto ao semideus alguns outros menos experientes foram incumbidos de auxiliar para uma emergência maior que poderia ou não vir a acontecer. A Fronteira Oeste é cerca de perigos e dentre todas as fronteiras é a mais letal. O próprio ar que se respira é denso e sugere o término da vida. Um muro alto de concreto sustenta a barreira do lugar e apenas isso, servindo para que criaturas passem e não notem os semideuses, mas apenas as criaturas boas por que se um ataque fosse efetuado naquela barreira poderia ser devastador.

A noite Começou tranquila, podem chegar com calma, conversarem entre si, comunicação é extremamente importante! Digam o que acharem importante dizer sobre vocês, deixem que os outros campistas lhe conheçam ao fundo, afinal, nem todos tem um livro como eu.


avatar
Moros
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 105
Data de inscrição : 13/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fronteira Oeste- O Pântano

Mensagem por Rafael Logan Máximos em Qua Set 17, 2014 4:50 pm

Vigilante

Estava terminando de prender a bainha da Excalibur quando finalmente havia atravessado o limite das terras do acampamento. Parei ao perceber que o terreno a diante era totalmente diferente od que eu estava acostumado: um Pantano.

- Isso vai ser um problema – falei para mim mesmo. Como de costume, chequei os braceletes que sempre estavam atrelados aos meus pulsos, um presente de Éris, que mais parecia uma garantia de que eu cumpriria com o trato.

Me sentei de costas para uma árvore e nela me recostei, totalmente pronto para cumprir aquela tarefa a todo o custo. Eu protegeria o acampamento nem que para isso custasse a minha vida. Não sabia se teria companhia, então deixei que minha atenção se voltasse toda para a paisagem a minha frente, ignorei o ar tenebroso que vinha de sua direção e tentei relaxar ao máximo, apurar os meus sentidos.

Itens:
Punho do Dragão Vermelho: um bracelete de ouro que quando acionado o mesmo vira uma luva cuja forma externa é semelhante a uma pata de Dragão. É capaz de canalizar a energia do semideus (30 MP) e dispará-la caso seja preciso. As garras tem um efeito potencializado de corte, além de conter um veneno paralisante. É imune a variações de temperatura, mantendo o meio interno isolado do frio ou calor excessivos.[Dano do corte = -80HP – Paralisa por 1 rodada - Canaliza 30 MP][Classe D]

Punho do Dragão Negro: um bracelete de ouro negro capaz de assumir a forma de uma luva cujo exterior assimila-se a pata de um Dragão. A luva é coberta por uma energia densa e maligna, além de que em ocasiões aleatórias o objeto revela um tipo de consciência perversa capaz de entrar em contato com o usuário, sempre tentando fazer com que ele torne-se sombrio e aproveitando suas fraquezas como brecha para lhe possuir. Sua habilidade principal consiste em tomar 30% do HP do usuário, em troca ele libera um tipo de energia vermelha, capaz de adquirir qualquer forma e se estender em até 5 metros. Apesar de ser um tipo de energia, pode causar danos físicos. [Causa dano de 30 HP +10 por nível do usuário][Classe B]

Excalibur: Espada lendária que vem sendo entregues a gerações de reis e a muito foi perdida. Seu corte é incomparável e nada no Universo pode a impedir de agir, podendo cortar até mesmo um raio ao meio.
Max

-----------------------------------------♦-----------------------------------------

Rafael Logan Máximos
♦️ Filho de Macária ♦️
avatar
Rafael Logan Máximos
Monitores de Chalé
Monitores de Chalé

Mensagens : 138
Data de inscrição : 13/08/2014
Idade : 21
Localização : Chalé de Macária

Ficha de Personagem
Nível: 25
Vida (HP):
330/340  (330/340)
Energia (MP):
255/340  (255/340)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fronteira Oeste- O Pântano

Mensagem por Moros em Qua Set 17, 2014 5:02 pm




Fronteira Oeste: O Pântano




O que não te mata te deixa mais forte.



Sua noite seria longa e cheia de perigos, isso já estava escrito. Ao se apoiar em uma árvore sentiu que o ar estava denso, não parecia muito bom respirar ali e sabe-se lá o que iria encontrar se adentrasse mais ao local. Um cheiro pútrido anunciava que outros já haviam passado por aquele lugar e por ali ficaram, sem dó ou piedade. Algo desceu sobre seu ombro, caminhando do ombro para seu pescoço com muita rapidez, sentiu as várias patas, era uma pequenina aranha e por momento aquilo parecia ser sua maior preocupação.... sem contar alguns sons estranhos que vinham da escuridão lamacenta do Pântano.


avatar
Moros
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 105
Data de inscrição : 13/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fronteira Oeste- O Pântano

Mensagem por Rafael Logan Máximos em Qua Set 17, 2014 5:09 pm

Vigilante

Quando enfim consegui ficar em total silêncio, senti algo tocar meu ombro e então percorrer um trajeto rápido até meu pescoço. Sem demoras, o agarrei, seja lá o que fosse, e então arremessei na direção das águas do pântano. Percebi então que era apenas uma aranha. Imediatamente voltei a me acalmar, mas não deixava de estar frustrado com aquilo.

Fiquei em pé e me afastei alguns passos daquele ambiente, o cheiro fétido no ar era quase insuportável, até lembrar de algo que poderia ser útil. Estalei os dedos e logo o cheiro mudou de esgoto para algo mais suave e aceitável. Agradeci minha mãe mentalmente e então voltei ao meu posto.

Poderes Passivos:
Nível 8
♠ Olfato Apurado - O filho de Macária Consegue sentir qualquer cheiro em um raio de 80 km. Quando ele desejar, ele também consegue modificar o cheiro das coisas. Imune a venenos presentes no ar.
♠ Calma: Nunca perderão o controle durante uma batalha, permanecendo calmos e podendo fazer o mesmo com um aliado.

Itens:
Punho do Dragão Vermelho: um bracelete de ouro que quando acionado o mesmo vira uma luva cuja forma externa é semelhante a uma pata de Dragão. É capaz de canalizar a energia do semideus (30 MP) e dispará-la caso seja preciso. As garras tem um efeito potencializado de corte, além de conter um veneno paralisante. É imune a variações de temperatura, mantendo o meio interno isolado do frio ou calor excessivos.[Dano do corte = -80HP – Paralisa por 1 rodada - Canaliza 30 MP][Classe D]

Punho do Dragão Negro: um bracelete de ouro negro capaz de assumir a forma de uma luva cujo exterior assimila-se a pata de um Dragão. A luva é coberta por uma energia densa e maligna, além de que em ocasiões aleatórias o objeto revela um tipo de consciência perversa capaz de entrar em contato com o usuário, sempre tentando fazer com que ele torne-se sombrio e aproveitando suas fraquezas como brecha para lhe possuir. Sua habilidade principal consiste em tomar 30% do HP do usuário, em troca ele libera um tipo de energia vermelha, capaz de adquirir qualquer forma e se estender em até 5 metros. Apesar de ser um tipo de energia, pode causar danos físicos. [Causa dano de 30 HP +10 por nível do usuário][Classe B]

Excalibur: Espada lendária que vem sendo entregues a gerações de reis e a muito foi perdida. Seu corte é incomparável e nada no Universo pode a impedir de agir, podendo cortar até mesmo um raio ao meio.
Max

-----------------------------------------♦-----------------------------------------

Rafael Logan Máximos
♦️ Filho de Macária ♦️
avatar
Rafael Logan Máximos
Monitores de Chalé
Monitores de Chalé

Mensagens : 138
Data de inscrição : 13/08/2014
Idade : 21
Localização : Chalé de Macária

Ficha de Personagem
Nível: 25
Vida (HP):
330/340  (330/340)
Energia (MP):
255/340  (255/340)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fronteira Oeste- O Pântano

Mensagem por Moros em Qua Set 17, 2014 5:20 pm




Fronteira Oeste: O Pântano




O que não te mata te deixa mais forte.



A aranha caiu entre a água de uma das poças, e mesmo que começasse a caminhar sentiu outra aranha em seu ombro.. e outra em suas costas e logo sentia várias patas por todo o seu corpo, subindo com pressa e aos montas. As aranhas eram minusculas e se acabasse por olhar par ao chão notaria que centenas de pequenas aranhas vinham em sua direção com muita velocidade, estavam dispostas a ataca-lo ou apenas você estava na rota delas?

O Mais importante é que já haviam pelo menos 15 delas te subindo o corpo e suas ações deveriam ser rápidas.


avatar
Moros
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 105
Data de inscrição : 13/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fronteira Oeste- O Pântano

Mensagem por Rafael Logan Máximos em Qui Set 18, 2014 7:00 pm

Vigilante

Antes de poder relaxar novamente, senti mais movimentos sobre o meu corpo, eram mais aranhas. O chão estava repleto de aracnídeos, e sobre mim mais algumas faziam a festa. Instantaneamente a luva foi ativada, sua energia percorreu o meu corpo, expulsando as criaturas e deixando-me dentro de um invólucro vermelho, uma armadura.

Livre das criaturas, agora eu as observava. De onde elas haviam saído?

Poderes Passivos:
Nível 8
♠ Olfato Apurado - O filho de Macária Consegue sentir qualquer cheiro em um raio de 80 km. Quando ele desejar, ele também consegue modificar o cheiro das coisas. Imune a venenos presentes no ar.
♠ Calma: Nunca perderão o controle durante uma batalha, permanecendo calmos e podendo fazer o mesmo com um aliado.

Itens:
Punho do Dragão Vermelho: um bracelete de ouro que quando acionado o mesmo vira uma luva cuja forma externa é semelhante a uma pata de Dragão. É capaz de canalizar a energia do semideus (30 MP) e dispará-la caso seja preciso. As garras tem um efeito potencializado de corte, além de conter um veneno paralisante. É imune a variações de temperatura, mantendo o meio interno isolado do frio ou calor excessivos.[Dano do corte = -80HP – Paralisa por 1 rodada - Canaliza 30 MP][Classe D]

Punho do Dragão Negro: um bracelete de ouro negro capaz de assumir a forma de uma luva cujo exterior assimila-se a pata de um Dragão. A luva é coberta por uma energia densa e maligna, além de que em ocasiões aleatórias o objeto revela um tipo de consciência perversa capaz de entrar em contato com o usuário, sempre tentando fazer com que ele torne-se sombrio e aproveitando suas fraquezas como brecha para lhe possuir. Sua habilidade principal consiste em tomar 30% do HP do usuário, em troca ele libera um tipo de energia vermelha, capaz de adquirir qualquer forma e se estender em até 5 metros. Apesar de ser um tipo de energia, pode causar danos físicos. [Causa dano de 30 HP +10 por nível do usuário][Classe B]

Excalibur: Espada lendária que vem sendo entregues a gerações de reis e a muito foi perdida. Seu corte é incomparável e nada no Universo pode a impedir de agir, podendo cortar até mesmo um raio ao meio.
Max

-----------------------------------------♦-----------------------------------------

Rafael Logan Máximos
♦️ Filho de Macária ♦️
avatar
Rafael Logan Máximos
Monitores de Chalé
Monitores de Chalé

Mensagens : 138
Data de inscrição : 13/08/2014
Idade : 21
Localização : Chalé de Macária

Ficha de Personagem
Nível: 25
Vida (HP):
330/340  (330/340)
Energia (MP):
255/340  (255/340)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fronteira Oeste- O Pântano

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum